sábado, 24 de junho de 2017

NOITES SEM LUAR V



... a garçonete
me apresentava o cardápio
e eu olhava seus peitos
e sua bunda,

a garçonete
me perguntava o que eu queria
comer e eu queria comer seus peitos
e sua bunda,

a garçonete
me perguntava se estava tudo
bem comigo, estranhando alguma
coisa,

e eu queria
estar bem mamando naqueles
peitos e naquela
bunda,

a garçonete,
enfim, pergutou-me se eu era
o Thor Menkent, escritor que filosofava
sobre o mundo

e, naquela hora,
nada me interessava mais
que seus peitos

e sua bunda!