segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

AS LÉSBICAS!

... belas,
selvagens,
excitantente delicadas, gostosas
e envolventes,

eu vi duas
em comunhão ativa, lábios lindos
e convulsivos se beijando
lascivamente,

o amor,
o desejo e a tragédia do espectador
que as quer,

mas estão nervosas,
apaixonadas e fascinantemente
doentes e tesudas:

cruéis e demoníacas serpentes
se apresentando à minha frente,
sem me permitirem adentrar na festa,
e escancarando-me os sentidos flamenjantes

de intensos gozos únicos!

VEM, BELA!

... vem, Bela,
aproxima-te e se apossa de meu corpo,
mas não revele a ninguém
meus segredos,

vem e me toca
com a língua e com a boca
e sente minha resfiração ofegante
e meu mastro em rijo
descontrole;

vem, Bela,
vem aliviar minha febre
e desvendar, em êxtase, o frágil

pudor do mundo!

O PURITANO JÁ NASCEU COM A ALMA ENGANADA!

... o amor e o desejo
entre um homem e uma mulher
é um sentimento
sagrado,

e nele se comungam
sonhos, esperanças, abraços, beijos,
bocas, bocetas, bundas
e paus,

-é dele que subsiste,
dos segundos de êxtase em gozo,
as sementes de nossas
descendências,

é com ele que se desvendam
os segredos, os degredos e os pecados
do mundo.

Mas, ao fim,
a noite amanhece sem sol,
e o poeta descansa, despindo-se da dor
e do sofrimento, sem nenhum
verso!

O GRITO MARINHO RESOA NO INFINITO!

Deste-me
a palavra dos deuses,

ofertaste-me o amor
e a leadade dos putiranos,

conquistaste
meu coração, minha mente
e meu corpo,

puta,
puta,
puta

loucamente erótica,
tirou a roupa, a máscara e me abriu
teu corpo:

depois das preliminares
ressou o grito de um dos teus velhos
anjos morrendo e chorando!

domingo, 9 de dezembro de 2018

SATÂNIA

... tu tens um dom
sem igual,
baby,

e tu és louca,
e tu és bela
e tu és interigente,
e tu és gostosíssima como as virgens
dos céus;

sabe de uma coisa,
baby eu queria muito te mar, sim;

mas sinceramente
para eu te amar a contento do que mereces,
eu teria de ter uma alma limpa,
um pau de fogo

e uma língua de sol
para te levar ao ponto mais elevado

do amor e do prazer!

A MULHER QUE CONSQUISTOU MULTIDÕES!

... e era realmente assim,
quando ela sorria com doce maldade,
maqueavase e usava aquela negra
máscara

e atuava de modo
que seuduzia toda a tropaa trêfega
de vermes, de anjos
e de pardais,

dixava-me  (e a eles)
mentalmente ligado (e preocupado)
com meu roludo bastão

luzindo de desejo
sob a mornura da cueca
e da calça!

LINDA E BELA, MAS IMPIEDOSA

Eu a amei tanto,
mas eu  a amava tanto, que ela
se tornou a coisa  que
eu mais temi
na vida:

eu  temia
loucamente que,
depois que visse o musgo de meus escuros quartos
e de meu alto e escondido telhado,

ela me matasse
com certeiros tiros de ausências,

de raivas e de melancolias!

O MISTÉRIO DE ANA!

... quando ela chegou,
olhamo-nos e logo senti que algo imediato
e  inédito se me apoderava,

então, surpreende-me indagando
por que eu me demorava com os olhos
em seus seios apontando debaixo
da blusa,

e me perguntou
se eu, o menino dos seus sonhos,
não gostaria de brincar
com ela:

irresistivelmente,
não só brinquei, mas também amei,
dancei, beijei, trepei

e, depois que ela se foi,
solitamente me morri aqui!

A PRIMEIRA E A MELHOR VEZ: COM A PUTA!

Aquela que conheci
outrora, tinha   um charme e uma sensualidade
únicos

e fodia como anjo
do diabo.

A fornecedora de sexo
da cidade, diziam muito dela,
e de modo nem um pouco
agradável,

mas quanto a amim,
quando cheguei àquela zona e a vi
de espartilho e de lingerie
dançando na pista,

já gameis,
já a desejei e já a quis deitada
e arreganhada.

Mesmo ainda menor,
ela foi, porque sentiu em mim o gosto
do que deixaria  ali de ser
menino,

tirando minha virgindade,
sabendo que o menino, sem deixar de ser menino,

queria  amar e foder  com a puta!

TUDO PASSA

... sim, tudo passa,
o amor,
o o sonho,
a esperança,

o cansaço,
os voos incautos,
e de ser honrado e puro
a vontade;

mas eu garanto
que, enquanto vivemos,
há uma coisa que no ser
não passa:

a constante

vontade de foder!

SOSSEGA, TUDO TEM SEU TEMPO!

... enquanto
a confusão segue vida afora,

pode se alegrar ou doer
o coração,

pode-se imaginar sonhos e fantasias
com vastidão

e se pode também fazer a escolha
para se viver em companhia de alguém
ou em solidão:

mas eu diria
que é preciso ter muita calma enquanto
ainda estamos neste
caminho,

muita calma;
e nunca devemos nos esquecer de que
a maior satisfação sempre está a nosso
alcance,

pois a carne é quente
e a carne se queima fácil e goza

com o tesão! 

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

O ÚLTIMO ABRIGO!

Quando minha mente
se enche dos tons e dos cheiros perdidos
de nossas secretas e fulgas
___ noites,

é que sinto, enquanto
lágrimas invisíveis começam a fluir –me
___ ao rosto e à alma,

___ que nada:

nem alguma senhora
que venha a me regozijar amores na cama
para tentar me agradar
___ como amante,

nem o mar,
nem a lua, nem aquela estrela distante,
nem qualquer coisa que
___ eu ame

possa superar
a exilada infinitude daqueles
___ momentos.

AINDA HÁ TEMPO

... ainda temos tempo,
enquanto andarmos por esta vida,
___ para um sorriso sincero

___ diante de

algum amor puerilmente sussurrado,
de alguma maldição incondicionalmente anulada
ou de algum ganho sublimemente
___ abençoado;

mas desde que ele seja dado
(à liberdade de nossas próprias sombras)
em algum cerniente e secreto canto:
___ descongelado.

QUE FELIZ SURPRESA!

Saí para encontrar
a felicidade olhando para todos
os lados;

encontrei um jardim
de rosas e comercei a andar
no meio delas

 tão belas e felizes
comerçaram a exalar seus perfumes,
senti-me tão linda e feliz
 como elas ali.

Havia rosas
de todas as cores; então começou a chover
e ali eu sofria com  tamanha
beleza,

sentindo o perfume
das flores e  dos pingos da chuva:
e foi assim que encontrei

a felicidade.

JÁ QUASE ENLOUQUECIDO, OUSO QUERER NOVAMENTE AMAR!

... sinto a noite
a gemer moucamente,
querendo se engravidar
de alguma ainda possível
___ luminescência,

vago
pelo campo solitário,
levando na mochila tão somente
___ este sonho

de ainda poder
amar, sendo e fluindo,
com a nobre que me visitaao deserto,
___ ao ritmo de tudo!



O SEGREDO!

... ainda não
consegui inventar nada igual

de modo
que até os anjos se entorpecia
com nossas porras
e sangues,

mas o que foi
é e será um segredo que só ela sabe
com sua alma agora
eternamente
calada!



RENDIDO A MIM MESMO!

Todos os dias
imaginam que me transformo
em um franco atirador

e que venho aqui
atirar minhas angústias, minhas sombras
e minhas dores:

nunca percebom
que me tornei amargo demais
e sempre atinj,o primeiro e imperceptivelmente,
a mim,

sem nunca
ter a chance sequer de errar

o alvo dentro de mim!

DELIRO E CAMINHO, MAS QUANTO AO AMOR...

... como tudo
inexoravelmente de mim é feito
por imanentes escolhas,

condeno-me
a sentir apenas com a carne,
e não mais com a alma
ou com a mente,

separo as gotas
de chuvas das de gotas de  prazer e de veneno,
e alcanço as entrelinhas
do poema;

mas quanto ao amor,
declaro que já me transformei
tão somente na própria

dor que tenho!

ARDENDO NO AVERNO!

Ouve.
Não é poesia ou música.

É o louco
e angustiante silêncio

de um cão
que tem de suportar

o eterno
instante de tua ausência!

DESPIDO!

Digo.
Desdigo.
Faço promessas puras

iludo,
masturbo-me,
convenço sob os neons
e nas ruas escondidas da nobre
puritania,

atuo,
dissimulo
e engano os lobos e as formigas
que tentam ser minhas
amigas:

em um dos pólos,
vibro e sou pura vida,
no outro me corto e me transformo
numa sombra anímica!



PERDIDAS NO ESPAÇO!

... angelicais,
sedutoras,
com imaginações
de indendiar os virtuaiscéus
puteiros,

efeitadas,
maqueadas,
bem vestidas com lindas
lingeries por baxo;

passa por todo lugar,
por todo lado, por todo ponto
de encontro, pelo buraco one mora
o demônio,

elogia,
bajulam, adulam as duas cabeças,
elas sabem, elas sabem de tudo,
inclusive conjugar  o verbo
foder como se fosse
o amar!



quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

O PROSTÍBULO É NOBRE!

... aquele
eu se une às putas e prostitutas
em noites de frio e de chuva,
merece todo meu elogio:

come em ruas
sujas, ermas e escuras

e ainda àquelas
beldades inconfiavemente puras
ainda ajudam a temtarem ver ainda
o pouco do poente que, ao amanhecer,

ao céu se estende!

OS ANJOS NÃO SÃO VÍTIMAS!

...  a bebida
e os sedutores anjos de belas
máscaras

fazem sucumbir
até o mais forte e o mais
sábio dos homens;

sigo eu, então,
sempre ao deserto
fabricando meus minhas próprias
quedas e sonho

e visito, às vezes,
as zonas para como um sussurrante e excitante
refúgio para alimentar meu incontido

antropofagismo vadio!

OS INCAUTOS VIVERÃO ENTRE A PODRIDÃO DOS VERMES!

... o único sonho possível,
o último amor, o último  copo de vinho
com a bela puta das zonas
que frequentamos,

a última trepada
com aquele anjo sedutor
que nos vem desavisadamente em sonho,
a última esperança, o último desejo,
a última dor

é exatamamente,
e sempre, ao rigoroso momento
da hora!



A MULHER QUE PASSA!

... meu olhar
percorre o jovem corpo sinuoso
que passa,

e ela sabe,
e ela rebola mais,
e ela se penteou e se maqueou
a caráter,

e ela está
de baton vermelho,
sensualíssima com uma camiseta
que deixa transparecer o decote
de seus seios rígidos,

e ela esta de minissaia
permitindo que todos vejam aquelas
pernas, aquelas coxas,

e que eu imagine,
sob a saia, aquele pacotinho
com um calcinha branca de renda
enfiada na bunda.

Desta vez,
ela passou tão bela e provocante que,
naquele momento esqueci minha angústia,
minha dor e meu morto amor
secreto!

segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

A TEUS OLHOS MORTOS!

... fosse o mar
a tua casa e eu me tivesse
tornado ondas manipuláveis
a seu desejos e agrados,

mas não era,
e custou-nos muito a resistir
àquele maldito amor, com nossas
mãos e almas entrelaçadas:

hoje
movo minhas lembranças
ao passado e, se soubesses de minha
tragédia e dor,

certamente
desceria de entre as estrelas
para me consolar com sonhos, beijos

e afagos!