sexta-feira, 30 de junho de 2017

O SER NÃO É A QUESTÃO



Nada somos,
apenas julgamos ser
com nossos modos de ver
e de crer

nas (re) inaugurações
que criamos em imagens projetadas,
que condenadamente não podem ser
como as fazemos parecer,

que, inexoravelmente,
estão presas à fausta e espúria
ideia do que e de como julgamos
haver.