sexta-feira, 30 de junho de 2017

VIVER



Que é viver
senão fantasiar glórias
em  fantasias inexeqüíveis
e infeccionar

 as virgens sombras
e as alheias coisas em senciente
e incauta batalha?

que é o ser
senão suas dissimulações por detrás
de faróis projetados,

ou de suas miopias
espalhadas entremeio a casualidade

das coisas todas?