sexta-feira, 23 de junho de 2017

DORME, MEU AMOR



... dorme,
Ana, que um dia toda
criação também há
de dormir;

mas,
antes disso, todos
que te amaram hão ainda
de te zelar

no que,
como humanos, lhes ficou,
com a certeza de que junto ao Absoluto,
atingindo a perfeita
virtude,

você

descansou!