domingo, 25 de junho de 2017

A LOUCURA



“Por onde anda
o niilista, que há tanto tempo
não vejo?”

Não sei dizer bem,
Senhora,

mas provavelmente
nos limites entre a loucura
e a fausta sanidade
minhas

– em mundos
onde há deuses, mitos e lendas,
aos quais vivo
a combater –;

e esse
é um lugar onde, realmente,
tu não gostarias
de estar.