sábado, 17 de junho de 2017

SAUDADE IV



... quando,
em definitivo te partiste,

anoiteci-me
neste monte de imagens
vãs,

neste
monte de carnes
quentes,

nestes
pedaçoes de curvas brancas
e negras,

nesse
mundo de significativa

coisa alguma!