sexta-feira, 28 de dezembro de 2018

DOLOROSO EXÍLIO!

... nunca fomos
de desistir definitivamente
de nada,

nunca fomos
do tipo que diz acabou
e o que se foi, foi-se e não
volta mais:

sempre retornamos
porque o amor foi esplêndido e mágico
quando juntos andávamos,

mesmo que seja
apenas para sabermos notícias
um do outro

ou como estão
as cicatrizes que ficaram
da parte escura daquela nossa onírica

paisagem!