segunda-feira, 17 de julho de 2017

MORTE ABRENUNCIADA



Entre teses e antíteses,
alucinações, derrocadas e vesanias,
sigo tentando me refazer
após cada vírgula

- às vezes me encantando
em alguma exclamação ou me parando
diante de alguma interrogação -,

a esperar pelo definitivo
ponto final., além do qual me earei desfeito
liquidamente vazio.