quarta-feira, 12 de julho de 2017

Á SUPERFÍCIE



... esses rumores
de cintilações à tua volta,

esses elogios
que recebes com o nome
de escritora,

essas reações
que contemplas nos olhos dos homens
que te veem maqueada,

esse orgasmo
que dás ao gordo de teu marido
numa fria cama;

isso tudo
se tornou absurdamente imponderável,
baby,

diante
do impossível sonho que nunca
realizado tiveste

e das invisíveis
efervescências que guardas,
com tanto cuidado,
em segredo!