quarta-feira, 14 de março de 2018

AMOR: O PARADOXO!

No amor,
as coisas são muito piores
que nas paixões e nos avassadaroes
desejos:

é que, quando
de uma trepada em um leito,
rwgado a abraços, beijos e excitantes
trepadas,

nenhuma chuvas,
empestade ou furacão mata o que
simplesmente ali não existira: o verdadeiro
ato de amar.

Mas, quando se ama para valer,
à lindíssima flor a que amamos com o corpo,
com a mente e com a alma, até uma levíssima brisa
atravessada no meio de uma noite,
mata!