segunda-feira, 30 de abril de 2018

ATRÁS DESTA MÁSCARA

Eu tenho algo
para me ajudar a lutar contra
a saudade dela e contra meus mais
tênebros fantasmas,

um deserto cheio
de areias, destroços e nadas,
sem sonhos, sem esperanças, sem flores,
sem amores e sem fulgores:

à noite, sou eu,
somente eu e meus choques contra
o frio, as areias, as rochas e tudo que
silentemente secondo do mundo
em mim mesmo!