sábado, 8 de julho de 2017

QUEM PROCLAMA A EXISTÊNCIA É O SER!



... a ideia
do ser em se admitir nada
no não-ser

já não
lhe pertence nem em seus
no pensamento mais
insensatos:

assim
se faz a existência surrealista
a que não mais conseguem a nada ver
de modo verdadeiramente virgem

e real!